Decoração de Apartamento Alugado – Pri

Quero fazer algumas mudanças no apartamento que eu moro, porém ele é alugado e não poderei fazer grandes mudanças. E como o orçamento está baixo, a primeira coisa que fiz foi mudar alguns móveis de lugar e tentar mudar um pouco os ambientes.

Isso já trouxe uma nova vida para os ambientes, porém ainda não me sinto no meu “lar“. Então estou buscando inspirações na net, mais precisamente, no Pinterest.

Pra quem nos segue por lá (se você não segue então pode seguir Moda Sem Grana – Pinterest ), pois lá temos todas as nossas inspirações e desejos! rsrsrs

Montei uma pastinha decor, mas vou montar uma específica de reforma do apê. Esse post de hoje é mais para mostrar algumas das minhas ideias e pedir ajuda de vocês: O que já fizeram no apartamento ou casa de vocês que não gastaram muita grana e ficou muito legal?!

Me contem aqui!!!!! Preciso de ajuda!

Olhem aqui um pouco das minhas inspirações:

IMG_0147

IMG_0144

IMG_0141

IMG_0143

IMG_0140

Se quiserem ver mais fotos de decor, segue nossa pastinha lá no Pinterest – MSG | Decoração.

Vocês gostam desse tipo de post?

Beijos.

Festa de Aniversário da Pri 

Como vocês devem ter visto pelas redes sociais (Instagram, Facebook, Snapchat – temos todos e é só procurar por modasemgrana), comemoramos recentemente o aniversário da Pri. <3

Moda Sem Grana  

Foi um dia muito especial e pensei em contar um pouco para vocês sobre o conceito da festa dela para deixar registrado aqui no blog.
Primeiramente, o local escolhido foi o Cabideria Brechó Boutique e Mais. Peraí, como assim um brechó?

 Cabideria Brechó Bom, temos falado muito sobre brechós ultimamente e eles representam bastante sobre o novo posicionamento do blog: são locais onde peças ganham novo uso e novos donos! A moda sustentável é difundida por colocar novamente em jogo o que já foi produzido uma vez, ao invés de gastar mais recursos naturais para produzir um tantão de roupas novas. Roupa de brechó é tudo de bom e eu já contei os motivos nesse outro post.
Voltando ao assunto, o Cabideria Brechó tem um conceito um pouco diferente. A loja foi feita com o intuito de ser um espaço para receber pessoas e não só vender roupas. Quando você entra no Cabideria, você esquece completamente que está em um brechó, pois as roupas ficam muito organizadas em araras separadas por tamanho, nada de muvuca, a decoração é linda e o cheiro maravilhoso! A Pathy, dona de lá, nos ofereceu o espaço para comemorarmos o aniversário da Pri e aceitamos na hora! 

 Moda Sem Grana  
O próximo tópico a ser falado é sobre o conceito da festa: a Pri não queria presentes. Então, no lugar de levar presentes, as convidadas deveriam levar peças que não usam mais para trocar entre si. O que não fosse trocado, poderia ser avaliado e deixado no próprio brechó. Não é o máximo??
Outro motivo muito bom para que a festa fosse em um brechó foi a intenção da Pri em fazer com que as amigas quebrassem o “preconceito” inicial que as pessoas têm com roupas de segunda mão. Achei muito interessante isso, porque realmente aqui no Brasil temos muita gente que não pensa na possibilidade de adquirir roupas assim. E olha que muitas delas tem etiqueta ainda e nunca foram usadas.

 Moda Sem Grana  Posso dizer que a Pri foi muito bem sucedida com esse objetivo, pois quando “quebramos o gelo”, as mulheres se soltaram pelas araras e até escolheram algumas peças. 

Convidada especial: Passa (Ana Paula Passarelli)

Sobre a decoração da festa: a Pri escolheu algumas coisas em P&B, sendo com bolinhas e listras. Dá uma olhada no que tinha por lá:

 Moda Sem Grana   
Moda Sem Grana   Moda Sem Grana   
   
No final, cantamos parabéns para a Pri e ela fez um discurso emocionante.   

Moda Sem Grana

Quem viu sobre o “acidente” da vela? A Pri colocou doce de leite para colar! kkk

  Moda Sem Grana     

E eu recebi o primeiro pedaço do bolo! <3 

Moda Sem Grana

Pri e Fabi

 

É tão bom ver sua melhor amiga feliz! Não posso pedir mais nada, apenas agradeço por tê-la em minha vida.

Agora um close no look usado pela Pri. O vestido é do Cabideria Brechó.

 Moda Sem Grana   
 
Por mais momentos alegres assim em nossas vidas!

Beijos.

Fabi

Fantasias baratas e as mais criativas da Internet

E aí que o Carnaval chegou e você nem tinha pensado em uma fantasia para usar?

Foi convidado para aquela festinha de última hora e não sabe o que fazer?

Vem com a gente! Separamos algumas opções para te ajudar nessa hora de desespero:

Fantasias criativas

Achei muito fofa e fácil a opção de “noite”. Eu usaria, com certeza!

Fantasias criativas

Hahahaha! Muito criativo esse casal!

 

Fantasias criativas

A fantasia de pipoca eu vi na vida real! Achei bem fácil de fazer!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Continuar lendo

Como Usar: Shorts Marrom

Como usar Shorts Marrom

Oi meninas! Tudo bem?

O post de hoje é dedicado a uma leitora muito querida que nos enviou a seguinte mensagem pelo Instagram:

“Olá, tenho esse shorts da Hering, tipo couro marrom escuro há mais de 6 meses e não consigo usá-lo… Queria dicas de looks mais informais… Ahhh, tenho joelho operado e não uso salto… Obrigada! Adoro o seu insta!”

 

Milena, quanto carinho! Obrigada por nos seguir e gostar do que postamos! :)

Quando terminei de ler a sua mensagem, fui logo no Pinterest e digitei “shorts marrom” para ver o que aparecia! Não fiquei tão contente com os resultados e corri para procurar no Google Imagens alguns looks. Para finalizar utilizei o Polyvore para criar visualmente uma resposta completa para você. Vamos ver?

Afinal, o que podemos usar com um shorts marrom?

  • Blusa Branca

Como usar shorts marrom - blusa branca (2)

A combinação que veio na minha cabeça foi: com blusa branca!! Tem coisa mais fácil que isso? rs Para o look não ficar tão simples, abuse dos acessórios: cinto, relógio, pulseiras, óculos de sol. E se estiver friozinho, é só colocar um cardigã por cima que está tudo certo! Ah, pensei também em um colete, porque uma terceira peça no look sempre deixa uma sensação de estar mais arrumada. Mas isso vai depender bastante do seu gosto e do seu estilo.

Como usar shorts marrom - Blusa branca 1

Sei que você disse que queria um look informal, mas quando quiser dar uma variada, pode combinar com uma camisa branca. O blazer usado no trabalho fica ótimo também aos finais de semana! Nada melhor do que aumentar as possibilidades de uso das nossas peças.

Como usar Shorts Marrom - blusa branca

Achei esse set super bonito e quis compartilhar com você. É só trocar o salto por uma sapatilha e tudo certo!

 

  • Blusa Colorida

Como usar shorts marrom - blusa colorida

Vamos pensar um pouco mais sobre as possibilidades de look com seu shorts? Quais cores combinam mais com marrom? Sei que depende um pouco da tonalidade do seu marrom (tem uns mais avermelhados, outros mais pro caramelo), mas no geral, marrom é um tom terroso. Então, as cores terrosas, como podem rendem looks muito bons. Gosto muito de cores mais vivas, como as das fotos.

 

  • T-shirt Estampada

 

Como usar shorts marrom com tshirt

Ahhhh, as t-shirts! Não sei se existe alguma peça que não vai bem com t-shirt. rs Escolha uma que tenha um detalhe em marrom. Mas mesmo se não tiver, se joga!

  • Blusa estampada

Como usar shorts marrom com blusa estampada

AMEI ESSE PRIMEIRO LOOK! <3 É o meu preferido disparado! Hahahaha. Bom, sou muito suspeita para falar de estampas, porque eu adoro. O animal print de “onçinha” combina muito porque tem o tom marrom, né? Mas acho que não é qualquer uma que segura esse look. Ah, eu confesso que nunca iria pensar em poá (estampa de bolinhas) até ver esse look no Pinterest! Acho que poá e listras vão com tudo também hein…

  • Camisa jeans

como usar - shorts-de-couro-marrom

Encontrei esse look da Thássia Naves e quis compartilhar. Trocaria o sapato por qualquer outro e estaria pronta pro final de semana. Camisa jeans é uma opção tão boa que eu e a Pri usamos bastante.

  • Infinitas Opções (hahahaha)
Como usar Shorts Marrom - polyvore

Regata, blusinha mais ampla, renda, listras, xadrez, floral, etc etc etc

Eita que orgulho dessa montagem que fiz no Polyvore. Juro que teria colocado mais opções, mas ia ficar bagunçado. Deixa eu explicar exatamente o que eu pensei: dei algumas opções acima, mas e se você não tivesse nada daquilo no seu guarda-roupa? Não quero deixar você com a sensação que precisa passar no próximo shopping para comprar algo! Pelo contrário, a montagem é basicamente para abrir a nossa mente para testar, tentar combinações que geralmente não faríamos. Mas então esbarramos em dois tópicos importantes:

  • Você sabe o que tem no seu guarda-roupa? Nesse caso do shorts, acredito que você pode pegar todas as suas partes de cima e ir testando uma por uma, para ver o que te agrada para combinar junto com ele.
  • Você sabe qual é o seu estilo? Não adianta nada eu sugerir um monte de coisa aqui, se não sei qual o seu estilo. Posso estar mostrando uma inspiração linda, mas que não tem nada a ver com você. E tudo bem isso! Cada um tem a sua identidade e personalidade! Por exemplo, eu sei que as blusas estampadas não seriam uma boa dica para a Pri, pois o estilo dela é mais básico.

Outra reflexão que eu queria levantar está relacionada com a questão do estilo: Será mesmo que esse shorts que está parado há seis meses no seu guarda-roupa tem a ver com você? Pode ser que o problema não seja a montagem de looks com ele e, sim, a própria peça! Pense se ela te traz felicidade quando você o veste. Sugiro a leitura do livro “A Mágica da Arrumação”, da Marie Kondo, que fala muito sobre isso! Tudo bem desapegar do que você não gosta tanto assim. Pense que o shorts pode fazer bem para outra pessoa :)

Bom, espero que eu tenha te ajudado em algo, Milena! E a todas vocês que também possuem um shorts ou outra peça marrom.

Ah, se tiverem alguma peça problemática, podem nos mandar mensagem também! Ajudar quem tem alguma dúvida é sempre muito bom! Vamos usar mais o que já temos no armário!

Beijos.

Fabi

5 Motivos para Comprar Roupas em Brechó

Comprar em brechó

Oi, gente! Tudo bom com vocês?

O tema de hoje tem tudo a ver com o blog (afinal, como podemos fazer Moda Sem tanta Grana assim?): vamos falar sobre compras em brechós. Faz um tempo que queríamos abordar esse assunto aqui, mas finalmente tomamos coragem, após conhecer o Cabideria Brechó e ter uma experiência tão boa! Eu (Fabi) sempre comprei bastante em brechós organizados no Facebook, no Enjoei e em brechós virtuais (que vendem pelo Instagram, por exemplo), mas poder provar a roupa e ver o estado das peças antes de comprá-la, dá muito mais confiança!

Então, por que comprar em brechós?

Se não quiser ler o post inteiro, pode assistir o vídeo:

  • SUSTENTABILIDADE

Alguma vez você já parou pra pensar quantas peças de roupa são produzidas no mundo por dia? Olha, eu não sei a quantidade certa, mas com certeza é algo GIGANTESCO. Nunca paramos pra pensar na produção do que consumimos, em quanto algodão, água e outras matérias primas são necessárias pra fazer os tecidos, não é mesmo?

Quando tomamos essa consciência sobre o quanto estamos consumindo e da nossa responsabilidade pra manter tudo isso aqui habitável pras outras gerações, vem a questão: Por que não utilizar roupas que já foram produzidas em vez de adquirir novas? Dar um novo uso para o que já está aqui no planeta.

A indústria da moda é a que mais investe em Marketing para gerar essa necessidade de comprar o que eles estão vendendo, para comprar o que é novo. É claro que estamos nesse cultura e não vamos mudar do dia pra noite. Mas se você sente a necessidade de ter coisas diferentes no seu armário, pense que seu consumo pode ser mais consciente adquirindo de brechós. A moda é cíclica, com certeza, você vai achar algo que voltou a ser tendência agora. E além disso, brechós também vendem peças atuais que alguém já desapegou.

  • QUALIDADE

Ao contrário de uma roupa de Fast Fashion que foi feita com tecidos mais baratos, de maneira mais rápida e com o intuito de tornar a roupa obsoleta o quanto antes para você ter que voltar na loja pra comprar mais, as peças de brechós tem qualidade.

Claro que existem diversos tipos de brechós e em alguns lugares você vai ter que garimpar mais para achar o que é realmente bom. Mas, no geral, os itens de brechó são melhores porque se aquilo durou até agora, com certeza tem um material melhor. Além disso, essas peças custaram muito mais caro pra serem produzidas da primeira vez e pode ser que agora estão até por um valor que você nunca pagaria mesmo se fosse fazer sozinha. É só pensar em uma peça de seda que no brechó está sendo vendida de maneira bem acessível. Isso vamos falar mais no próximo tópico…

  • PREÇO

Agora sim podemos falar com propriedade! rs As roupas de brechó são uma loucura para quem gosta de fazer achados! hahaha. Roupas de marcas como Daslu, Le Lis Blanc, Maria Filó, entre tantas outras, por preços acessíveis! Roupas de seda, linho e outros tecidos mais finos por nem 100 reais. Já pensou?

Pois é, isso só é possível em brechós! Então, que tal dar uma chance e ir conhecer as peças que são vendidas lá?

Em vez de se vangloriar porque comprou uma blusinha de 15 reais numa Fast Fashion, que talvez tenha usado trabalho escravo para produzir aquilo, que não distribui os lucros com seus funcionários de maneira justa e que só deixa o dono da empresa mais rico ainda… Eu ando preferindo dizer que comprei em brechó mesmo!

  • EXCLUSIVIDADE

A chance de você encontrar alguém usando a mesma roupa que você é muito menor! É sério isso, gente. hahaha. Já aconteceu comigo. Seja na rua, no trabalho, entre as suas amigas, numa festa, etc. Se você comprar numa loja de shopping, a probabilidade aumenta. Não que isso seja algo ruim, afinal, as pessoas tem gostos parecidos. Mas eu gosto dessa sensação de personalização, de coisas exclusivas. rs Pode ser a maior bobeira do mundo, mas ao comprar no brechó sinto que estou dando a chance de uma roupa bacana e exclusiva voltar a circular nas ruas.

  • APOIO AO EMPREENDEDOR LOCAL

Esse tópico é super importante! Os brechós, em sua maioria, são negócios locais, pequenos e feitos por algum empreendedor que não é milionário, alguém como você e eu. Quem escolhe o destino do seu dinheiro é você, certo? Então porque tornar alguém que já é rico, ainda mais? O dono da Zara é o homem mais rico do mundo! Vocês têm noção disso? Que ele está enriquecendo e os seus funcionários nem tanto assim? Se ele é o homem mais rico, porque ela não é a empresa com melhores salários do mundo? Tem algo de errado, não é mesmo?

Enfim, não vamos perder o foco sobre os brechós: incentivar a economia local, do seu bairro, é sempre melhor. Comprar de alguém que você pode conhecer cara a cara, num lugar que você vai ser bem atendida, tratada pelo nome. Sentimos isso na pele quando conhecemos o Cabideria Brechó e a empreendedora Patrícia que é responsável pelo negócio. Ela é muito trabalhadora, gente como a gente. Vamos falar sobre lá em outro post, mas já adiantamos que se você tem algum preconceito é porque não conhece lugares bons como o Cabideria. As roupas são todas impecáveis, cheirosas e de bom gosto.

 

Para finalizar, queria dizer que se você tem preconceito com roupa usada: deixe de bobeira. Você nunca aceitou uma peça que já foi da sua irmã, da sua prima? Ou então, sempre que vai em um hotel ou pousada você leva seus próprios lençóis e toalhas? É o mesmo conceito! Tão usado quanto… Bom, eu gosto de pensar naquilo que as pessoas dizem: “Lavou, tá novo!”. Hahahaha

O que vocês acham sobre o assunto? Tem indicações de brechós?

Gostam de posts assim com vídeo pra assistir?

Beijo.

Fabi